Olorun

Em religiões baseadas nos deuses iorubanos (o Candomblé, por exemplo), Olorun é o deus supremo. Ele é o criador do universo e dos orixás.

Ao contrário dos orixás, Olorun não é venerado em cerimônias e não tem forma específica. Ele é um espírito todo poderoso. Ele deixa os orixás cuidar tanto da Terra quanto do Céu e não trata diretamente com as pessoas, embora determine seus destinos. Às vezes, ele media quando há problemas entre os orixás.

Embora ele não seja cultuado diretamente, Olorun pode ser invocado para pedir benções e agradecer graças recebidas. Por isso, no conto “O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara”, Oludara exclama: “Que Olorun nos proteja!” quando ele vê o Dragão Africano devorar um homem vivo; em outra cena, o Oba de Ketu diz para ele, “Que Olorun te proteja”.

Olorun também é conhecido como Olódùmarè e Olorum.

Participe da discussão