The World of Gerard van Oost and Oludara

Postagens marcadas com ‘resenhas’

Resenha de A Taverna

Recebemos de A Taverna — não confundir com o lugar aonde você e seus companheiros se reúnem para descansar em uma partida de RPG — uma nova resenha sobre #Abandeira:
“É uma leitura muito gostosa onde no mesmo capítulo você pode dar risada, se fascinar com as descobertas na mata e sentir a tensão de encarar um monstro que ninguém faz ideia de como matar, e chegar ao final sentindo que passou por essa aventura junto com Gerard e Oludara”, escreveu o Taverneiro.

Primeira Resenha da Espanha

O blog espanhol, Baul de Libros, foi o primeiro a lançar uma resenha sobre “Encuentro Fortuito”, a primeira aventura de #Abandeira publicada na Espanha.
“La brevedad de esta primera obra hace que apenas hayamos tastado toda la frescura e originalidad que es capaz de ofrecer Kastensmidt en esta particular saga”, diz a resenha.

Resenhas sobre A Bandeira do Elefante e da Arara

No último mês recebemos três resenhas fantásticas. Em todas as avaliações, A Bandeira do Elefante e da Arara tirou a nota máxima. Confira o que os blogueiros têm a dizer sobre o livro:

Jean Honorio (Leituras de Brain) escreveu: “O livro é rico em personagens e cultura brasileira, as lendas vão além do Saci-Pererê, Iara e Curupira, nele você conhece um pouco mais do Capelobo, Pai-do-Mato, Mapinguari, Cumacanga e vários outros monstros e entidades que vários de nós brasileiros nem se quer sabiam de sua existência. Em resumo, é um ótimo livro para quem ama aventura, magia e história.”

A autora, Simone Saueressig (Leitora Web), escreveu sobre as aventuras de A Bandeira e abordou o tema “apropriação cultural” em seu texto incrível: “Com isso, Christopher conseguiu duas façanhas: além da conquista pessoal, colocou o Brasil no mapa do Fantástico do mundo inteiro. De repente, leitores dos EUA, e de países tão longínquos quanto a Romênia e a Inglaterra, de onde geralmente recebemos material, de repente, eu dizia, esses leitores descobriram o Saci-Pererê, o Curupira, a Iara, se depararam com lugares que a distância histórica desenha como quase míticos.”

Jéssica Trombini (Literatismos) escreveu sua resenha com foco nos personagens e a interação deles com o mundo em que vivem.  “Fiquei bastante admirada com a construção da história, que me lembrou um pouco da rapsódia de Macunaíma, do Mario de Andrade, tanto pela temática do folclore brasileiro, como pela andança dos personagens pelo país. Outra característica é a tentativa de mostrar a identidade nacional com toda a mistura de cores, culturas e religiões”, escreveu a blogueira. Em sua análise final, Jéssica declara: “Me conquistou!”

Resenha do blog Mensagens do Hiperespaço

Cesar Silva, do blog Mensagens do Hiperespaço, escreveu uma resenha sobre o livro A Bandeira do Elefante e da Arara. No texto, o blogueiro comenta:

“A Bandeira do Elefante e da Arara é um livro obrigatório não só para os que gostam de boas aventuras, mas também para que autores e editores descubram que não há nada de errado com a mitologia brasileira.”

Confira a resenha completa aqui e vida longa ao Mensagens do Hiperespaço!